Category

Curiosidades

NAMORADOS OU SOLTEIROS? LEIA A POSTAGEM E DEIXA SEU COMENTÁRIO SOBRE

Olá Hipotemusos,
Estamos no mês em que se comemora o dia dos namorados e esse assunto tem que cair na roda, e a discussão aqui é em cima da pergunta: afinal de contas, é melhor namorar ou ser solteiro?

Tudo depende da fase que estamos passando pelas nossas vidas, por isso não existe um campeão definitivo para essa discussão, e se alguém tem dúvida de qual caminho seguir, nada como uma consulta com um psicólogo de confiança para te ajudar a ficar firme independente da decisão.

Mas, no mundo da internet a gente pode dar palpite, então inicialmente, vamos falar um pouco das vantagens de ser solteiro. Sair quando quiser e quando bem entender sem dar satisfação para quase ninguém e beijar na boca de quem interessar é sentir a brisa da liberdade batendo nos cabelos. Ter experiências sozinho como uma viagem ou até mesmo ir ao cinema, também podem ser levados em consideração. No quesito economia de dinheiro, isso já não dá para garantir se a pessoa for mais saidinha, agora se ela estiver a fim de segurar as pontas para juntar grana, não vai ter parceiro (a) que invente um passeio de última hora que te faça gastar sua mirrada poupancinha e você também ficará livre de compras de última hora nas datas especiais.

Ser solteiro é muito bom, mas a grande maioria das pessoas tem no seu código genético uma programação básica que a leve desesperadamente a querer formar um parzinho nessa vida. E quando rola a química acontece o namoro que também tem muita coisa boa. Ter a cia de alguém para fazer as coisas simples e as mais grandiosas é sentir o conforto da segurança de poder contar com alguém para te apoiar nesses momentos. Se quando solteiro o legal era beijar novas bocas, quem namora quer aprofundar na experiência das relações carnais e descobrir coisas que não se faz com quem não se tem muita intimidade. Casais espertos enriquecem juntos, vai faltar dinheiro as vezes porque você vai ter que sair para comprar presentes ou pagar um jantar no susto, mas o dinheiro pode voltar quando decidirem compartilhar algo como uma viajem ou as compras da geladeira do mês, tudo é uma questão de equilíbrio, e então o casal pode ter conquistas que não alcançariam se estivessem solteiros.

Todos temos a chance nessa vida de sermos solteiros ou de arrumarmos um namorado (a), basta nos permitirmos e nos jogarmos nesse mundão cheio de oportunidades, é só tiramos da nossas cabeças o preconceito a futilidade e passamos a enxergar todas as oportunidades que a vida nos dá. Então, vamos comemorar esse lindo dia, estejamos solteiros ou namorando. Eu mesmo quando estava solteiro, dava presente no dia dos namorados para meus amigos solteiros e a gente saia para comemorar. E quando estava namorando, sempre fazia questão de tornar o dia inesquecível, então não tem desculpa para se curtir a vida nessa data especial.

 

VENHA CONHECER TRÊS CLOSES ERRADOS PARA NÃO GANHAR AQUELA GONGADA CLASSUDA

Manas, essa expressão de close errado já está enraizada na nossa cultura tropical, e quem dá o vacilo, pisa na bola, faz besteira, fala bobagem, foge à regra, entre outros, logo ganha uma gongada classuda: tá dando close errado kirida.


Vale então, para as despreparadas de plantão, fazer aquela listinha basic dos três closes que considero mais errados que se já viu na história da face dessa linda Terra. Vamos lá:

Preconceito

Presente desde a época em que a gente balançava nos galhos de bananeira, esse monstro sombrio que empurra para beirada da sociedade as minorias e os menos privilegiados em nome de uma cultura de dominação, continua nos rondando e nós não perdoamos quem está nessa onda errada. Não respeitar a individualidade do próximo, deixando com que ele seja, faça e exista do modo que quiser e que lhe é permitido, dentro é claro dos limites da ética social, é close erradíssimo. Alguém existir ou deixar de existir segundo as preferências e vontades de outro é uma condição lamentável que só empurra o indivíduo para trás, e esse negócio de mostrar poder e força para os outros humilhando o próximo, é coisa de bicho na floresta, e a gente já sabe andar em pé nas duas patinhas muito bem, não existe mais espaço para isso. Então, manas, juntas vamos combater qualquer tipo de preconceito.

Liberdade para ser como quiser, porque a vida é só sua.

Falta de respeito

Todos temos uma história que só a gente sabe o que passamos para chegar até o momento em que nos encontramos agora, e não é justo alguém vir e cometer um abuso, seja lá qual seja o motivo. Desrespeito é invadir o espaço de alguém e despertar nessa pessoa coisas ruins e tristes. Acho que ninguém deveria ser propagador de energia negativa e sentimentos maus. O close fica bom quando estamos ali para despertar boas vibes, reconhecendo o próximo como um indivíduo da sociedade que só tem a agregar e que está ali para unir a nós fazendo parte desta grande aldeia global em que vivemos. Seja familiar, amigo ou desconhecido, pensar que ele tem um espaço ao seu redor e que seus sentimentos são importantes, faz a diferença para que o dia seja melhor e mais fácil para todos nós.

Cada um no seu quadrado.

Leia o post: “MACHISTAS NÃO PASSARÃO”

Machismo

A treta é tão séria que para todo lado que se olha o negócio está lascado. Durante toda a história da humanidade, os machos usaram sua força e abusaram das fragilidades das mulheres para construir uma cultura de abuso. Não faz muito tempo que as manas têm se unido para fazer uma limpeza cultural para erradicar qualquer traço de machismo nas relações sociais. É uma tarefa árdua e difícil e que precisa de muita ajuda, porque ainda falta bastante para que a situação mundial ao menos pareça menos discrepante. Então, ao menor sinal de machismo, seja lá de quem for, vamos botar a mão na cintura, dar aquela sambadinha e dizer, close errado aqui não monamour. O legal é estar antenado no feminismo, porque ele é o delicioso e igualitário futuro que nos espera.

Sim, feminismo deve ser uma luta constante.

 

É claro que essa lista poderia ser enorme, porque a gente gosta é de coisa grande né, mas o tempo está corrido e o mais importante é dar um start nesse debate super atual que é o close errado do dia a dia que aparece por aí, e nós, sempre atualizados, vamos chamando atenção para o que a gente acha que não está legal. Abraço apertado de estufar os olhos e até o póximo textão.
Imagens: Divulgação Sense 8, porque tá na moda essa série.

VOCÊ  É MACHISTA OU JÁ TEVE ATITUDES MACHISTAS? ESTÁ NA HORA DE MUDAR!

Oi, Hipotemusos!

Acredito que o machismo é um tema que deve ser sempre discutido e está sempre presente, infelizmente, em nossas vidas.  Primeiramente, vamos entender o que é machismo? Machismo baseia-se na supervalorização das características físicas e culturais associadas com o sexo masculino, tendo a crença em que homens são superiores às mulheres, resumindo em duas palavras: Close Errado!

“Mas Rafael, eu não sou machista ou nunca tive nenhuma ação machista, por que devo ler este post?” Certeza, darling? O post te dará entendimento sobre este assunto, irá fazer você repensar alguns atos e, até no final desta postagem acredito que irá lembrar de alguma ação machista que já teve. Vamos conhecer alguns pensamentos machistas?

  • Relacionar tarefas domésticas com as mulheres.

Achar que apenas as mulheres da casa devem fazer as tarefas domésticas é algo que deve ser abolido. Nenhuma mulher precisa ser prendada para casar ou ter obrigação de realizar as tarefas domésticas para serem consideradas mulheres de verdade e muito menos achar que “servem” apenas para serem donas de casa e para reprodução.

 

  • “Mulher no volante, perigo constante!”

Fazer piadinhas e falar que mulheres não sabem dirigir é o fim! Se elas possuem a carteira de habilitação é por estarem aptas para dirigir e não é uma particularidade do gênero, ok?

 

  • “É só chegar beijando!”

Ninguém merece estar sujeito ao assedio, mas é muito comum homens abordarem mulheres de tal maneira.  Que tal chegar numa boa sem ser invasivo? Chegou na mina e ela disse “não”, respeite-a! Ela não é lésbica por não querer nada com você e mesmo se ela for aprenda a respeitar as diferenças. Ah! Caso ela esteja acompanhada, peça desculpa para o casal e não apenas para o cara que estiver com ela.  A roupa que ela usa não pode ser levada em situações de assedio e/ou estupro.

  • O homem deve ganhar mais que as mulheres

Vamos largar desta bobeira que os homens têm que ter o salário maior que o das mulheres, né? A pessoa tem que receber pelo profissional que é, e não pelo sexo. Larguem de orgulho e deixem as mulheres também pagarem a conta para vocês algum dia, isso não vai afetar sua masculinidade. E para os garçons, podem entregar para as mulheres a conta sem nenhum problema, ok?

 

  • “Em briga de marido e mulher ninguém mete a colher”

Mete sim! Mete colher, garfo e qualquer talher que estiver ao alcance! Primeiramente, sou contra qualquer tipo de violência, físico ou verbal, e nada vergonhoso em ver um homem agredindo uma mulher.  Seja cortês, aprenda o diálogo!

Estas foram algumas abordagens machistas que acontecem em nosso dia-a-dia. Espero que vocês possam refletir depois desta postagem sobre alguns atos machistas e saber respeitar aa mulher em nossa sociedade. Caso tenha gostado da postagem, deixa seu comentário sobre o assunto e você mulher poste nos comentários mais tópicos machistas para deixarem os leitores mais cientes.

xoxo

10 LIÇÕES DE ANNA DELLO RUSSO QUE TODO FASHIONISTA DEVERIA CONHECER

Olá Hipotemusos,

Vocês conhecem a Anna Dello Russo? Italiana, ariana, jornalista de moda, consultora criativa e editora em geral da Vogue Japão.  Em 2012, Anna projetou uma linha de acessórios para H&M em que a mesma gravou uma campanha que se tornou um hino para os fashionistas. Dello Russo apresentou no vídeo em formato de música  com as 10 lições no mundo da moda, vamos conhecê-las?

ANNA DELLO RUSSO ©REPRODUÇÃO

Primeira lição:

Moda é uma declaração de sua própria liberdade

Segunda lição:

Entre estilo e moda? Absolutamente MODA

Terceira lição:

Moda é sempre desconfortável! Se você se sentir confortável , você não acertou no visual

Quarta lição:

Fabuloso em qualquer idade

Quinta lição:

Vestindo roupas da noite durante o dia é inesperado

ANNA DELLO RUSSO ©REPRODUÇÃO

Sexta lição:

Alguém usando a mesma roupa? Maravilhoso, você fez a escolha certa!

Sétima lição:

Você deve vestir a roupa apenas uma vez

Oitava lição:

Use casaco como vestido.

Nona lição:

Não importa o tamanho do seu corpo, moda lisonjeia tudo!

Décima lição:

Joias da moda personalizam seu estilo, nada sucede com o excesso!

O que acharam das lições de Anna?  Bom, não sou muito à favor de usar roupas apenas uma vez , acredito que temos que ser consumidores conscientes e sermos livres.  Assistam abaixo a campanha da Anna para H&M e deixem o seu comentário sobre.

xoxo

herchcovitch-fabio-souza-ellus-fotosite-1200x800
Fábio Souza e Alexandre Herchcovitch ©AGÊNCIA FOTOSITE

Olá Hipotemusos,

Quem achou que o talentoso Alexandre Herchcovitch iria se aposentar está totalmente equivocado. Após oficializar sua saída da marca que fundou e que leva o seu nome, Herchcovitch, junto com o marido, Fabio Souza, irão fazer um desfile com